Skip to main content
Clean & Safe

XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira participa na programação da Noite Branca 2022

A XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira participa na Noite Branca de Braga, que decorre nos dias 2, 3 e 4 de setembro de 2022 e que espera cerca de meio milhão de participantes.

Propõe-se uma intervenção artística, liderada por Ana Maria Pintora, com a colaboração dos artistas Ricardo de Campos e Manecas Camelo que, ao longo dos 3 dias do evento, vão intervencionar sobre a obra de arte “Trapizonga” da artista brasileira Zélia Mendonça.

A intervenção é uma ode às mulheres, aos poetas e aos filósofos e a todos aqueles que, pelo seu pensamento livre, viram as suas ideias anuladas, destruídas, queimadas.

O clímax da intervenção será no domingo, pelas 17h00, com a destruição das provas e o fogo sagrado a subir aos céus.

Ao longo dos 3 dias, o público poderá participar na intervenção.

 

Sobre a obra “Trapizonga” de Zélia Mendonça

“Em trapizonga um olhar superficial encontrará o esperado: um conjunto de trastes de pequeno tamanho confusos e desordenados. Mas abrindo-se o caminho do olhar ao coração, uma viagem fantástica começa. Os objetos conhecidos do dia a dia se transformam em outras coisas com seus usos e desusos, dialogando intermitentemente com possibilidades e limites da obra artística. A razão é presa ao tempo, os sentimentos não. O que os tornam mais únicos porque se revezam e chocam numa linha temporal caótica e muito própria de cada um. É por isso que a Trapizonga pertence a mim e a todo artista e visitante que ousa se aventurar por ela.”

Zélia Mendonça

 

Mais informações sobre a Noite Branca 2022