Projeto Incubadora entre 10 finalistas do PNIC Super Bock/ Serralves 2014

A Incubadora de Indústrias Criativas Bienal de Cerveira tem um dos seus projetos – o “Lumicroma” – nos 10 finalistas do Prémio Nacional das Indústrias Criativas, uma iniciativa da Unicer, através da marca Super Bock e da Fundação de Serralves. Segundo os promotores, Nigel Randsley e Sandra Maria Teixeira, a intenção é “devolver magia à fotografia enquanto obra de arte, única e pessoal, num projecto de inovação, arte e educação”.
O Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/ Serralves 2014 fica marcado, nesta 6ª edição, a exemplo das edições anteriores, pela qualidade e quantidade de candidaturas submetidas: 285 foram validadas e apreciadas por um júri composto por doze elementos, em representação das entidades promotoras e parceiras do Prémio.
Entre 16 e 19 deste mês os projectos selecionados participaram num Workshop de Imersão Empreendedora, sendo que, terão até 1 de setembro para elaborar o seu conceito de negócio, contando para o efeito com o apoio dos parceiros do Prémio.
Ao vencedor do 6.º Prémio Nacional Indústrias Criativas – a anunciar até final de outubro, no âmbito do Super Bock Laboratório Criativo – serão atribuídos 25 mil euros. Para além do incentivo pecuniário, o premiado valida a sua participação, enquanto representante de Portugal, na Creative Business Cup (novembro, em Copenhaga).

Sobre o Projeto Lumicroma | Returning to Magic
A LUMICROMA é um projecto sustentado através da paixão da sua equipa e das parcerias instituicionais, promovendo a investigação e a adaptação das antigas técnicas de reprodução fotográfica.
A procura de soluções vindas da moderna “química verde” dão resposta à crescente procura destas técnicas por parte de profissionais, artistas, criativos, docentes e educadores, assim como o público em geral.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone
Publicado em Notícias