Fundação Bienal de Arte de Cerveira aprovou Relatório e Contas de 2016

Foi aprovado o Relatório de Atividades e Contas de 2016 pelo Conselho Diretivo da Fundação Bienal de Cerveira (FBAC). No total, no ano passado, cerca de 5878 pessoas visitaram as exposições e 1679 participaram em atividades do Serviço Educativo.

Combatendo a sazonalidade e superando a meta do Plano de Atividades previsto para o exercício de 2016, a Fundação Bienal de Arte de Cerveira promoveu 15 exposições ao longo do ano e mais de 10 atividades abertas à comunidade.

Nas palavras do presidente do Conselho Diretivo, Fernando Nogueira, “esta aposta na programação anual multidisciplinar cumpre com o objetivo de desenvolver este espaço cultural de excelência criativa, promovendo a captação de novos públicos, sem esquecer a componente de investigação e difusão de conhecimento científico e tecnológico”.

A sensibilização de públicos através de experiências de contacto com a Coleção e a História da Bienal Internacional de Arte de Cerveira e com a arte contemporânea em geral apresenta-se, assim, como uma das estratégias de democratização cultural adotadas pela Instituição.

De acrescentar que a Fundação Bienal de Arte de Cerveira contabilizou cerca de 375 mil euros de receita e 380 mil euros de pagamentos em 2016, sendo que o saldo de gerência para 2017 é de 261 mil euros.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone