“Viacrucis. A Pintura como interrogação” (exposição individual de Jaime Silva) foi o nome de uma das mostras que marcaram a rentrée da Fundação Bienal de Arte de Cerveira, após a XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira. A inauguração das exposições decorreu a 27 de outubro e foi seguida pela apresentação do livro “No silêncio do atelier”, por Ágata Rodrigues, diretora da Fundação Escultor José Rodrigues, no âmbito das comemorações do aniversário do Mestre.

Com curadoria de Helena Mendes Pereira, a mostra propôs ao público uma abordagem antológica da obra de Jaime Silva através de 100 peças. “Para mim a Arte (o que entendo como tal) é algo que nos mantém suspensos entre um estado letárgico e o que convoca um estado de espírito, que posso definir como de atenção ao mundo circundante, e que evidentemente não se restringe a teorias de ocasião, definições politicamente corretas ou incorretas, outras”, explica o pintor e vice-presidente da Sociedade Nacional de Belas Artes, Jaime Silva. “Não entendo como fácil ou difícil a Arte. Traduzo-a em forma de Pintura, Desenho, outras formas, outros meios, em método de interrogação, dúvida e teste, senhor que sou de um processo de autoavaliação e de um gosto pessoal longamente treinado”, acrescentou.

Jaime Silva nasceu no Peso da Régua, em 1947. Licenciou-se em pintura na Escola Superior de Belas Artes do Porto e foi membro fundador do grupo Puzzle, de 1975 a 1977, juntamente com Carlos Carreiro, Graça Morais, João Dixo, Albuquerque Mendes entre outros artistas do Porto. Em Paris foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. Ao longo da sua vida profissional tem desempenhado funções de galerista, professor de pintura, diretor artístico, curador e júri de várias exposições. Participa em exposições individuais e colectivas desde 1976, em Portugal e no estrangeiro.

 

Catálogo exposição “Viacrucis. A Pintura como interrogação” (exposição individual de Jaime Silva)

Datas: 27 de outubro de 2018 a 5 de janeiro de 2019

Local: Fórum Cultural de Cerveira | Avenida das Comunidades Portuguesas S/N 4920-275, Vila Nova de Cerveira

Horário: terça a sexta-feira: 15h00 às 19h00; sábados e feriados: 10h00 às 13h00; 15h00 às 19h00

X