EDUCARTE de portas abertas até sábado | Fórum Cultural de Cerveira

viieducarte_2016

São pequenos artistas, mas enormes em criatividade. O VII EDUCARTE – Mostra de Arte Infanto-Juvenil apresenta dezenas de trabalhos artísticos elaborados pelos alunos das várias escolas do concelho de Vila Nova de Cerveira e, este ano, pela primeira vez, com a participação de escolas do Concello de Tomiño (Galiza). Esta ‘Bienal dos Pequeninos’ é já um evento que fascina os graúdos.

Até sábado, o Fórum Cultural de Vila Nova de Cerveira acolhe mais um evento artístico. Até aqui nada de novo, pois esta é a ‘casa das artes’ de um concelho conhecido por ‘Vila das Artes’. Mas a presente mostra tem duas particularidades, por um lado ser da autoria de crianças e jovens e, por outro, alcançar uma dimensão transfronteiriça dada a presença de escolas de Tomiño.

Organizado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, em parceria com os estabelecimentos de ensino do concelho, do pré-escolar ao ensino superior (Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira, o Colégio de Campos, a Creche de Campos, a ETAP, a Escola Superior Gallaecia e a Santa Casa da Misericórdia), e com o Concello de Tomiño, este projeto visa aproximar os mais novos ao conceito de arte e das suas diferentes expressões, estimulando a criatividade e o sentido crítico.

Durante a inauguração que decorreu esta manhã, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira realçou o sucesso de um evento consolidado e que surpreende pela aquisição de novos impulsos que potenciam a arte aos residentes e visitantes. “Não há nada melhor do que despertar o bichinho e a veia artística junto dos mais pequenos. Eles são criativos por natureza e nós temos a obrigação de fomentar essa vontade através da oferta de recursos para eles evoluírem”, disse Fernando Nogueira. Vila Nova de Cerveira é terra de bienais, “e esta é a Bienal dos Pequeninos”.

Entre as várias obras de arte expostas até sexta-feira no Fórum Cultural, há inúmeras interpretações do Cervo Rei, referências imponentes para a proteção dos animais, dado que a Patas e Patas esteve presente ao longo do projeto, assim como um forte componente de consciencialização ambiental.

Com a participação de 10 escolas, num total de 1300 alunos, o VII EDUCARTE– Mostra de Arte Infanto-Juvenil, que acontece de dois em dois anos, integra um conjunto de iniciativas que proporcionam a interatividade com música, dança, teatro, atividade física e artes plásticas.

Fonte: CMVNC

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone
Publicado em Notícias