Concurso Internacional da XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira: selecionados 143 artistas de 26 países

Júri de Seleção da XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira

 

O júri de seleção do Concurso Internacional da XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira reuniu, no passado dia 14 de abril, para analisar 437 candidaturas e 717 obras de artistas oriundos de 43 países. No total foram escolhidas 162 obras de 143 artistas, que serão apresentadas ao público em Vila Nova de Cerveira, de 10 de agosto a 23 de setembro de 2018.

O júri de seleção foi composto por artistas, investigadores e professores do ensino superior da área da Arte contemporânea, nomeadamente  Albuquerque Mendes, António Olaio, Cabral Pinto, Jaime Silva, Ignacio Barcia Rodríguez, Miguel Carvalhais e Sandra Vieira Jürgens.

Segundo o coordenador artístico da XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira, “é de registar o acréscimo, em relação ao ano de 2017, de 111 autores e de 131 peças a concurso, o que comprova que os artistas querem comemorar os 40 anos connosco”.

O Castelo de Cerveira acolherá, assim, 162 obras de artistas de 26 nacionalidades, maioritariamente provenientes de países como Portugal, Brasil, Espanha, Perú e Rússia. De recordar que os trabalhos dos concorrentes, juntamente com outras obras de artistas convidados, estarão sujeitos aos Prémios Câmara Municipal (Aquisição), num total de 20 mil euros.

A XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira, cujo tema é “Artes Plásticas Tradicionais E Artes Digitais – O Discurso da (Des)Ordem”, manterá o formato adotado desde a primeira edição (1978), afirmando-se como um local de encontro, debate e investigação de Arte Contemporânea, num programa concertado com o Ensino Superior das Artes a nível Europeu.

 

Listagem dos artistas selecionados

X